Aricanduva foi o bairro em que houve maior precipitação de chuva em janeiro

O acumulado médio de chuvas em São Paulo em janeiro foi de 267,1 mm, o que equivale a 12% a mais que o esperado para o mês, de 239 mm, de acordo com informações do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). O bairro em que houve maior precipitação foi Aricanduva, na Zona Leste de SP, com 347,5 mm. Já o com menos chuvas foi o bairro de Pinheiros, na Zona Oeste, com 137,7 mm.

Apesar de ter chovido mais que o esperado no mês, o índice registrado é consideravelmente menor que o dos dois anos anteriores. Em 2010, o volume acumulado chegou a 461,3 mm, enquanto que em 2011 o registro foi de 412,5 mm.

De acordo com o CGE, o primeiro mês de 2012 teve um registro menor de chuva que os anos anteriores em parte por causa do fenômeno La Niña, que causa um resfriamento maior da atmosfera. O La Niña diminui as temperaturas do Oceano Pacífico na costa equatorial da América do Sul , causando menos retenção de evaporação no ar.

Além disso, a quantidade de chuvas também está diretamente relacionada com o posicionamento e a influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul. No mês de janeiro, ela ficou mais concentrada entre os dias 15 e 23, causando dias nublados e chuvas frequentes.

Esta primeira semana de fevereiro deve ter condições típicas de verão, com pancadas de chuva no final do dia. O restante do mês, porém, pode ter maior influência da Zona de Convergência, com dias mais nublados. As temperaturas também podem ficar abaixo da média para a época do ano.

Fonte: G1




Deixe seu comentário