Aricanduva faz parte de ampliação de novo trecho de restrição para caminhões em SP

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) começou a fiscalizar nesta segunda-feira os novos trechos de restrição para a circulação de caminhões na cidade de São Paulo. A partir de hoje, a restrição será adotada, também, na marginal Tietê, entre a ponte Aricanduva (bairro Aricanduva) e a rodovia dos Bandeirantes; nas avenidas Paes de Barros, Ermano Marchetti, Marquês de São Vicente, Salim Farah Maluf, Professor Luis Ignácio de Anhaia Melo, Tancredo Neves, Presidente Wilson, Avenida do Estado e rua das Juntas Provisórias.

Agora os caminhões serão proibidos de transitar entre 4h e 10h e entre 16h e 22h de segunda a sexta-feira e, aos sábados, das 10h às 14h, exceto feriados. Por enquanto, os motoristas que forem pegos trafegando fora do horário não serão multados, apenas orientados. As multas serão aplicadas a partir de janeiro, sem data prevista. De acordo com a CET, a multa será de R$ 85,13, com acréscimo de quatro pontos na carteira.

A Secretaria Municipal de Transportes (SMT) se preocupou em não prejudicar abastecimento do Ceagesp, autorizando o fluxo de caminhões nas marginais Pinheiros e Tietê entre a rodovia dos Bandeirantes e a ponte do Jaguaré, incluindo o Cebolão. Da mesma forma, a região do Mercadão e da Zona Cerealista terão seus acessos preservados pela avenida Cruzeiro de Sul e rua da Cantareira. O acesso para os caminhões que vêm pela Anchieta e se dirigem às regiões da avenida Presidente Wilson e Vila Carioca também será preservado.

Nos próximos dias serão divulgadas vias das zonas Norte, Sul e Leste que também terão restrições ao tráfego de caminhões.

Fonte: Portal Terra




2 Comentários

  1. Marcos Araujo 5 de janeiro de 2012
  2. Osmar 18 de março de 2012

Deixe seu comentário